JÁ SE SABE QUE A HISTÓRICA CRISE HÍDRICA QUE O BRASIL ENFRENTA ATUALMENTE SERÁ UM DESAFIO PARA A GERAÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA NOS PRÓXIMOS MESES.

Isso porque cerca de 60% da eletricidade do país são oriundos de usinas hidrelétricas, que dependem do volume de seus reservatórios para operarem com um bom desempenho. Acontece que o nível desses reservatórios nas regiões Sudeste e Centro-Oeste (que representam quase 3⁄4 da capacidade instalada do Brasil), está
em 17%.

Além disso, o volume de geração de energia da Itaipu Binacional está no patamar mais baixo desde 1993.

O mesmo cenário é visto em outros países da América do Sul, como o Chile. A Colômbia, no entanto, vive uma situação inversa: recentemente, o aumento de chuvas por lá fez os reservatórios operarem com mais de 80% da capacidade, fazendo com que o preço da energia despencasse.

Além de tudo, o fenômeno La Niña, deverá atrasar a estação chuvosa no sul do continente, deixando 2022 um ano ainda mais difícil para a geração de energia proveniente das hidrelétricas. Caso essa previsão se concretize, especialistas apontam que o Brasil deverá começar a próxima estação seca em situação ainda mais crítica.

Rua James Joule 92
8º Andar
04576-080
+55 11 2663-2910

Rua 248 273 – 7º Andar
88220-000
+55 47 3366-6778

Rua Capivari 176
84200-000
+55 43 3535-5195

Rua Major Belo Lisboa 72
1º Andar
37500-016
+55 35 3622-4121

© Copyright 2018. Todos os direitos reservados Boven - Energia

Abrir Chat
1
Olá, como podemos ajudar?