BELO MONTE

24/06/2021

Atendendo a um pedido do MPF, a Justiça Federal autorizou a medida de redução da vazão da hidrelétrica de Belo Monte, no Rio Xingu (PA).

Isso acontece em um momento em que o abastecimento de eletricidade no país vem sendo comprometido por uma grave crise hídrica nos reservatórios do Sudeste.

O parecer também cancela um acordo firmado em fevereiro entre a Norte Energia (a concessionária de Belo Monte) e o Ibama, que garantia o desvio de 80% das águas do rio Xingu para as turbinas da usina.

Segundo o MPF, o acordo não respeitava princípios ambientais previstos pela legislação brasileira.

Agora, a hidrelétrica deverá aplicar um hidrograma provisório para liberar água suficiente para garantir o abastecimento à região da Volta Grande do Xingu, até que novos estudos técnicos sobre impactos do desvio do rio sejam apresentados.

Segundo a Norte Energia, caso a decisão seja mantida, os efeitos imediatos sob a produção de energia de Belo Monte serão leves.

No entanto, para o próximo ano, até os reservatórios do país deverão sentir o baque. Isso porque, nos meses de cheia de Belo Monte, hidrelétricas do Sudeste aproveitam essas águas para encher seus reservatórios.

DATA DA POSTAGEM: 24/06/2021

Rua James Joule 92
8º Andar
04576-080
+55 11 2663-2910

Rua 248 273 – 7º Andar
88220-000
+55 47 3366-6778

Rua Capivari 176
84200-000
+55 43 3535-5195

Rua Major Belo Lisboa 72
1º Andar
37500-016
+55 35 3622-4121

© Copyright 2018. Todos os direitos reservados Boven - Energia